sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

As minhas sextas-feiras =)

Não sei se já vos contei alguma vez, mas faço voluntariado no hospital cá da terrinha sempre que posso.
Lido com todos os doentes, seja quem for, seja qual for o seu problema.
Se custa? Muito. Às vezes a vontade de chorar é muita... Os problemas são enormes.
Ver as pessoas sozinhas, abandonadas, sem qualidade de vida, vê-las sofrer, vê-las a lutar pela vida. É tão bom quando se entra num quarto e se recebe um sorriso aberto, lindo, que contagia qualquer um... Se há pessoas a quem eu adoro retribuir sorrisos são aos meus doentinhos! Claro que cada pessoa é diferente e nem todas gostam das nossas visitas.. Só temos que respeitar a opinião delas e desejar o melhor :)
Às vezes dà vontade de trazer para casa algumas pessoas só pela forma como encaram a vida. A sério, é extraordinária a força de vontade e a alegria de viver de algumas pessoas!
Não queria distinguir as pessoas, mas se há doentes que me fascinam são os da ala de psiquiatria. Há tantas perturbações diferentes, tantos doentes queridos que apetece levar para casa, e depois alguns que estão em fase de negação e de rejeição de ajuda... É horrível ver as pessoas assim, querermos fazer algo e não poder.
Hoje aconteceu-me uma coisa engraçada... Um dos doentes atirou-se a mim... Pediu-me o número, falou comigo, convidou-me para um café... Enfim, fiquei lisonjeada porque fartei-me de receber elogios o dia todo, mas é sempre uma situação constrangedora... Bem, mas tudo passa e estamos cá para aprender a lidar com o inesperado :)

Tenho tanto para fazer estas últimas semanas, mas o meu dia no hospital não podia faltar, não conseguia passar o dia todo sem ir dar uns beijinhos, uma mensagem de esperança e uns sorrisos :)

sábado, 24 de outubro de 2009

Vontades

Neste momento a vontade de fugir é tão grande...!
A vontade de pegar no carro e ir, simplesmente ir. Percorrer o país todo, o norte, só uma região, o que fosse. Só fugir daqui. Só ir-me embora. É o que eu pedia.
Ir pensar em tudo ou então não pensar em nada. Conhecer sítios novos, conhecer as terras do interior, isolar-me numa aldeia longe de todos, correr pelos montes fora, tomar banho num rio deserto, não ter horas para chegar ou sair. Ir e voltar daqui a dois dias... Bastava!
Sentar-me numa pedra enorme, fria, daquelas cheias de musgo que ninguém lhes toca há muito tempo... Deitar-me no meio da erva e sentir o sol a entrar-me no corpo. Levantar-me e ver estrelinhas no ar. Correr e continuar na paz ensurdecedora daquele sítio. Deitar-me sem pensar em nada e acordar ainda mais vazia de pensamentos.
Sentir tudo, só sentir.
Viver, aprender a viver, sorrir para a vida, correr de braços abertos para a felicidade, aprender a confiar mais, não ter medo, só ir, correr livremente e alcançar, lutar pelos objectivos, arriscar mais e não deixar fugir as oportunidades por medo!
Estas são as minhas vontades e as de muita gente... Lutem pelas vossas vidas, cada dia como se fosse o último! Aproveitem!

Recomeça!

Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…

Miguel Torga

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Já tinha saudades*

Hoje acordei e, apesar de uma enorme dor de garganta, senti-me a pessoa mais feliz do mundo!
Acho, mas acho mesmo, que voltei a encontrar-me. A noite não podia ter sido melhor.
Sabem há quanto tempo não me divertia tanto? Mais ou menos há 2 anos. Ah pois é!
A vida tem destas coisas. Nem sempre tudo corre bem, e às vezes nada corre bem, mas hoje tudo corre bem! O que me chateia mesmo é a minha mami a dar o sermão habitual por estar constipada... Enfim!
Ontem houve muita muita dança, muita maluqueira, muita animação, muitas gargalhadas, muitos mimos, muitos conhecimentos, muita amizade. Obrigada à menina e aos meninos que me proporcionaram uma noite tão boa :D
Para a semana há mais!
Até lá vou agarrar-me aos estudinhos que bem preciso... Ai ai!

sábado, 26 de setembro de 2009

Surpresa inesperada!

Tenho andado um bocadinho desligada destes lados... Mas só um bocadinho!
Vocês sabem como é o regresso Às aulinhas depois de umas longas férias. Ou então não, mas também não vou explicar...
Só cá vim contar o que me aconteceu na quarta feira à noite.
O meu caro sr. eng. José Sócrates esteve num comício em Vila Real e eu claro, como pessoa curiosa por natureza, e por ser quem é, decidi tentar ir vê-lo.
Lá estava eu há 15 ou 20 mim quando me fartei de esperar pela sua chegada e virei costas para voltar para junto dos meus caloirinhos. Venho eu pela rua abaixo quando, de repente, vejo uma enchente de fotógrafos e jornalistas a vir na minha direcção. Praticamente "atropelam-me" e quando olho para o meu lado esquerdo vejo uma pessoa que parou por momentos, visualizou-me, sorriu e disse-me boa noite com a voz mais fantástica que jamais ouvi. Era ele, era mesmo ele. Eu não queria acreditar! O meu querido José Sócrates, ali, a dizer-me boa noite com um sorriso lindo, e era para mim! Eu só conseguia sorrir e sorrir! Enfim!
Eu sei que muitos de vós não são seus fãs mas não posso fazer nada quanto a isso. Eu prezo muito a atitude do senhor, e gostei muito de o ver ao vivo.
Por mim só posso dizer que ganhei o dia!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Uma coisa muito importante

No passado dia 14(segunda-feira), fiz aninhos. Como não podia deixar de ser festejei na vila mais real de Portugal. O grande problema é que eu desconfio que me desejaram má sorte! Pronto, ok, estou a brincar, mas a realidade é que já das outras vezes que festejei cá a noite acabou sempre mal. Fico sempre triste ou chateada com alguém e acabo por ser a primeira a ir para casa no dia e noite que eram meus...
Tive um jantar muito divertido, rodeada de quase todas as pessoas importantes na minha vida, recebi várias prendinhas e até recebi uma chamada que adorei, que me deixou surpresa mas muito feliz.

Obrigada a todas as pessoas que me proporcionaram aquele bocadinho tão bom...

ABC da Sedução

Minha gente ontem fui ao cinema com duas amigas ver o "ABC da Sedução".
A lição do dia, ou melhos, da noite foi: O homem perfeito não é o que não tem defeitos, não é o todo certinho que faz tudo para nos agradar, não se enganem. O homem perfeito é aquele que, por mais defeitos que tenha, nos momentos certos evidenciam-se as grandes qualidades que tem e que o torna o homem mais especial entre muitos outros.
PS: Só uma coisinha sobre o filme: É super bem disposto, serve para dar umas boas gargalhadas, para aprender alguma coisa e o serão não podia ter sido melhor! Vá, se encontrasse uma homem daqueles o serão tinha sido o dia perfeito!
Fica para uma próxima!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Não digas nada!

Não digas nada!
Nem mesmo a verdade
Há tanta suavidade em nada se dizer
E tudo se entender —
Tudo metade
De sentir e de ver...
Não digas nada
Deixa esquecer

Talvez que amanhã
Em outra paisagem
Digas que foi vã
Toda essa viagem
Até onde quis
Ser quem me agrada...
Mas ali fui feliz
Não digas nada.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Ah valentes!

Hoje ao fim da tarde, tava eu descansada à porta de casa quando vi fumo no ar...
Chamei a minha mãe e disse-lhe que devia estar a arder algo. Então lá fui eu ver o que se passava. E não é que estava mesmo a arder ao lado da minha rica casinha? Mas estava mesmo a começar, deve ter sido de um cigarro atirado pela janela fora (inconsequentes! que raiva!) e lá fui eu e a minha mami de regador na mão armadas em bombeiras honorárias e cumprimos a missão que nos cabia!

já agora, só uma coisinha: O debate do Jerónimo de Sousa com o Paulo Portas... Uma tristeza. Coisinha sem sal... Vá, são opiniões!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Um dia vou viajar pelo mundo
mas tu serás sempre a minha casa!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Estado

Neste momento estou profundamente irritada!
Estou a ver o debate entre José Sócrates e Paulo Portas na TVI.
Será que não havia naquele estúdio uma mulher ou um homem decentes para fazer um raio de uma moderação? Um jornalista a sério? Com aptidões? Por favor?... Que horror! Nunca vi tal na minha vida!
Enfim, é o que há em Portugal...
Ainda assim não há nada como, por exemplo, uma Fátima Campos Ferreira da RTP1!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009


Muitas vezes, um beijo na testa significa muito mais que um beijo na boca.
Mostra o quanto especial se é para a pessoa que o dá, mostra o bom coração que tem e deve recebe-lo sempre como se fosse o mais perfeito de todos!
Quero muitos muitos destes sim?

sexta-feira, 21 de agosto de 2009




Minha gente, depois de uma semana em Vila Praia de Âncora, outra em Lamego, umas idas a Vila do Conde, a Bragança, à Régua, a Vila Real, à Lixa, ao maravilhoso rio Ôlo na minha querida terrinha, amanhã vou mais uma semaninha até Cantanhede, mais precisamente para a praia da Tocha, para muita diversão e descanso nas últimas semaninhas de férias até ao início do próximo ano lectivo.
Venha mais uma semana maravilhosa com os amigos, com muitas caipirinhas, muita praia, sol, àgua, biquinis, calções, frutinha fresquinha, saladinhas, conhecimentos e mais alguma coisa que surga por acaso! eheheh
Por isso, até daqui a uma semanita :D

terça-feira, 18 de agosto de 2009



Hoje sinto-me profundamente assim!
Tava a falar há pouco com um amigo e ele chamou-me "mulher das meias palavras", disse que eu hoje não falava.
Mas porque é que tem de se pôr sempre tudo em palavras? Por msn tem de se falar senão é complicado! Mas pessoalmente... O quanto não vale um abraço, um beijo, um olhar?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009




O que eu gostava mesmo era que a minha vida fosse como nos filmes!
Sempre que havia um momento para recordar, um acontecimento muito importante, capaz de mudar a nossa vida, tocava uma música daquelas intemporais que nos faz maravilhas e dá outro "ar" ao momento brilhante ou horrível que está a acontecer!
E que tal se prolongassem a época de Natal e "enfeitassem" durante todo o ano as ruas da cidade, nem que sejam as principais do centro?
Davam-nos música e todos andavam mais felizes!
Que tal?
Caso alguém responsável na câmara municipal de Amarante leia isto(um pouco difícil), apresente por favor a ideia ao Dr. Armindo Abreu sim? Nem que fosse naquela ruinha por detrás das casas da imagem acima que tem por nome rua 31 de Janeiro... Obrigada!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Weha

Hoje, sem querer, descobri esta música.
Neste momento não me podia identificar mais com esta música!
Nem vou dizer mais nada porque a letra fala por si..

Estou cansado de perder tempo com a solidão
Levo os dias a pensar se te quero ou não
A pensar se vou ficar aqui sem ti, assim
Dá-me a certeza que encaixamos na perfeição
E eu pergunto-me outra vez se é sim ou não

Weha

É difícil perceber o que queres de mim
É difícil entender esse olhar assim
Só te queria ter por perto
Quando entre nós só há silêncio
Agora canto pra esquecer que não estás
aqui, ao pé de mim

Será que vou desistir de te dar
o melhor de mim
Porque tudo me leva a concluir
que por ti acabou
Não quero mais desse teu olhar que me
rouba o que sinto por ti
Cada momento, cada segundo
pra mim, acaba aqui

Perdido em mim
Pensando em ti

Weha

É difícil explicar
Só te queria ter por perto
O tempo passa e eu não consigo deixar de
pensar em ti.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Forever Young

A música persegue-me!
Todos os dias, a todas a horas, esteja onde estiver... Dou por mim a embalar o meu próprio corpo ao som de uma música que canto mentalmente. Às vezes os amigos até me perguntam se eu fui muito embalada pela minha mãe quando era pequena, mas eu respondo logo com um sorriso rasgado que "não!", pois, como já disse antes, é devido à música que estou a cantar na minha cabeça. Se calhar alguém que não me conhece vai achar que eu sou uma maluquinha qualquer mas não faz mal.
Por vezes isto é o melhor que me acontece. Para me abstrair, para me distrair, para relaxar, principalmente se não puder cantar em voz alta, é uma boa solução sem dúvida!
Mesmo quando vou a conduzir tenho de ter sempre no rádio um cd ou uma estação qualquer de jeito para me distrair senão dou em maluca com os condutores horríveis que às vezes apanho na estrada... Enfim!
E isto tudo só para vos deixar aqui uma música fantástica (pelo menos para mim) dos Youth Group.
Quer dizer... É claro que a música é muito mais! É como que uma caracterização dos nossos sentimentos, de vivências, de gostos, de vontades, de instintos de várias ordens, de emoções, de significados...

Quantas vezes uma letra de uma música não é a definição da nossa vida num dado momento dessa?
Quantas vezes não nos faz lembrar uma certa pessoa ou algum momento especial?
Quantas vezes não atribuímos uma música a alguém muito especial nas nossas vidas?
Quantas vezes não choramos por causa de uma música que é a fotocópia da nossa vida?
Quantas vezes não dizemos que a nossa vida dava um filme?
Bem... Na minha opinião davam grandes musicais!



Forever Young

Let's dance in style, lets dance for a while
Heaven can wait we're only watching the skies
Hoping for the best but expecting the worst
Are you going to drop the bomb or not?

Let us die young or let us live forever
We don't have the power but we never say never
Sitting in a sandpit, life is a short trip
The music's for the sad men

Can you imagine when this race is won
Turn our golden faces into the sun
Praising our leaders we're getting in tune
The music's played by the mad men

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...
Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever? Forever, forever...

Some are like water, some are like the heat
Some are a melody and some are the beat
Sooner or later they all will be gone
why don't they stay young

It's so hard to get old without a cause
I don't want to perish like a fleeing horse
Youth's like diamonds in the sun
and diamonds are forever

So many adventures couldn't happen today
So many songs we forgot to play
So many dreams swinging out of the blue
We let them come true

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...
Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever?

quinta-feira, 23 de julho de 2009

"A Outra Margem"



Aqui está o trailer oficial do filme português "A Outra Margem" realizado por Luís Filipe Rocha.
Este filme retrata a vida de um homossexual e de um adolescente portador de Síndrome de Down. Estes são ainda hoje vistos, no nosso país e em muitos outros, como estigmas o que os leva, muitas vezes, à "outra margem" da vida.
Além do interesse da história e da importância de falar sobre tais estigmas, o filme tem como fundo a cidade de Amarante.
É com muito orgulho que eu, enquanto Amarantina, digo isto, pois é sinal de que alguém com muito bom gosto já conhecia a magnífica cidade que é e achou-a merecedora de ser espaço físico de um filme.
Não tive oportunidade de ver o filme quando estreou mas fica aqui prometido publicamente que vou tratar disso logo que possa!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Há cada coisa...

"Homens sempre querem ser o primeiro amor da mulher e mulheres sempre querem ser o último romance do homem"

Oscar Wilde

terça-feira, 21 de julho de 2009

Uma Aventura no monte

Uma amiga minha fez hoje anos e como estamos de férias decidimos ir até ao rio.
Como grandes aventureiros que somos fomos descobrir lugares novos por terras de Amarante. Andamos quilómetros e quilómetros e quando eu dizia "Está quase" ainda faltavam mais uns largos quilómetros. Já estávamos muito afastados da "civilização" quando ficámos sem rede!
Não havia ninguém nos próximos 20 ou 30 quilómetros, sem rede e com uma carrinha sabe-se lá do quê um pouco mais à frente do nosso carro.
Quando finalmente chegamos a algum sitio, que era nada mais nada menos do que uma ponte perdida no meio de nenhures, com pedregulhos e ervas a impossibilitar a passagem para o rio, encontrámos uma moto encostada à ponte e não haviam sinais de alguém por perto, quer a pescar ou pelo menos ali perto. O melhor de tudo é que vinhamos três pessoas num carro, duas noutro e este último ficou para trás e estava a demorar muito para chegar perto de nós. Não ouviamos barulho de motores nem nada parecido. Estavamos sem rede, tinhamos perdido os amigos e não sabiamos se haviamos de voltar para trás ou ficar ali.
Enfim! Foi uma tarde complicada mas engraçada!
Entretanto voltamos à cidade e acabamos por ir para o parque florestal junto ao rio rodeados por àrvores, areia, pescadores e rãs.
Não foi a melhor tarde de sempre mas divertida e diferente foi com certeza!

domingo, 14 de junho de 2009

Sonho

Como Pessoa dizia, O SONHO COMANDA A VIDA, e um dia um sonho meu vai ser realidade!
Pode demorar, minutos, dias, meses, anos, mas vou alcança-lo de qualquer maneira. Eu sei que sim!
Se não acreditar nisto, vou lutar pelo quê?
Vou viver sem sonhar?
Claro que não!
Sou uma sonhadora e com muito gosto!
Boa noite, eu sou a Márcia e sou uma sonhadora sem emenda e tu? Vais andar sempre com os pés bem assentes na terra?

Liberdade de Escolha



A política faz, cada vez mais, parte da nossa vida e do nosso dia a dia.
Todos os dias falamos em política. Seja na universidade, no café, em casa, na fila para as finanças. Persegue-nos!
Por muito que digam que não querem saber da política para nada, que não percebem nada, não vos é indiferente e toda a gente tem alguma coisa a dizer. Pode muito bem não se ser um grande entendido na matéria mas dão-se alguns palpites. E quando as pessoas dizem que nem vão votar quando há eleições? Será que não se lembram de uma certa Revolução conhecida como o 25 de Abril de 74 que tornou possível termos hipótese de escolha nos nossos futuros governantes? Porque é que não usufruem do direito de voto, nem que seja para votar em branco? Mas não votar sequer, no meu ver, chega a ser um desrespeito pelas pessoas que se sacrificaram e lutaram para sermos livres e podermos escolher...
Informem-se, aprendam, nem que seja o mínimo, de politica, lutem pelos vossos ideais e não deixem ser uma maioria qualquer a decidir por vocês. Imponham-se como pessoas detentoras de direito de opinar sobre o país e como cidadãos de Portugal que são. Lembrem-se que nem todos são iguais e há sempre uma luz ao fundo do túnel que nos faz acreditar que é possível melhorar!

Nothingman

Uma música que me acompanha há algum tempo e que me foi dada a conhecer através de uma pessoa muito especial. Obrigada por me teres mostrado uma das músicas que mais sentido têm para mim, obrigada por quase leres os meus pensamentos e obrigada por fazeres parte da minha vida.



Once divided...nothing left to subtract...
Some words when spoken...can't be taken back...
Walks on his own...with thoughts he can't help thinking...
Future's above...but in the past he's slow and sinking...
Caught a bolt 'a lightnin'...cursed the day he let it go...

Nothingman... (2x)
Isn't it something?
Nothingman...

She once believed...in every story he had to tell...
One day she stiffened...took the other side...
Empty stares...from each corner of a shared prison cell...
One just escapes...one's left inside the well...
And he who forgets...will be destined to remember...oh...oh...oh...

Nothingman... (2x)
Isn't it something?
Nothingman...

Oh, she don't want him...
Oh, she won't feed him...after he's flown away...
Oh, into the sun...ah, into the sun...Burn...burn...

Nothingman... (2x)
Isn't it something?
Nothingman...

Nothingman... (2x)
Coulda' been something...
Nothingman...

Oh...ohh...ohh...

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Curiosidades

Sabiam que 29 a 40% dos homens americanos possuem ejaculação precoce?
Sabiam que mais de 1500 milhões de pessoas sofrem de perturbações das quais 400 milhões de perturbações de ansiedade, 250 milhões de perturbações de personalidade e 45 milhões de esquizofrenia?
As perturbações mentais são um grande problema de saúde pública à escala mundial e neste momento estão a 8,1% dos "anos de incapacidade" (À frente das doenças cancerosas).

As aulas de Psicopatologia II são produtivas!

Recordações :D


Existem recordações na nossa memória que por muitos anos que passem nunca vão desaparecer.
Uma dessas recordações é sem dúvida um ou dois dias da queima :D
Voces fazem-me sentir especial! Obrigada!
Aquelas danças... Hum! São para repetir muitas e muitas vezes!

PS: Vocês são todos loucos! (Gosto de vampiros ahahah)


A Felicidade Pura :D

sábado, 30 de maio de 2009

Fim do dia


Estava eu ao fim da tarde na minha cozinha a ver as notícias na televisão quando, de repente, entra uma brisa pela janela que faz o meu cabelo esvoaçar e parece que me vem transmitir um sentimento de paz e libertação extraordinário!
Olho pela janela e vejo as crianças lá fora a correr, a brincar muito divertidas.
Em frente vejo o vizinho que está a regar o jardim. Adoro ouvir o som da água a bater no chão e a molhar a relva. Ver que o dia está a acabar e que toda a gente já está em casa para jantar e para passar o serão com a família! Sentir que as famílias ainda levam a sério o tempo que passam juntos. Ver os pais a brincar com as crianças. Ver o amor e o cuidado que ainda existe no casal da fente com aproximadamente 60 anos de casados! Ver o carinho que os vizinhos do lado têm pelo seu cão.
O dia de hoje foi muito cansativo, mas valeu a pena sem duvida. Este final de tarde pode não ter sido nada demais mas transmitiu-me emoções que me fizeram muito bem!

sábado, 23 de maio de 2009

O amor é:

"Um estado emocional selvagem: ternura e sentimentos sexuais, regozijo e dor, ansiedade e alívio, altruísmo e ciúmes coexistem numa confusão de sentimentos." Isto segundo Berscheid & Walster

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Ontem

Lembro-me como se fosse hoje.
Lembro-me do teu sorriso,
Da tua expressão, dos teus lábios.
Lmebro-me da forma como olhaste para mim,
A forma como me falaste,
A forma como me abraçaste.

Lembro-me como se fosse hoje.
O primeiro encontro,
O nosso sítio de sempre,
A música, a atmosfera.
A tensão que existia,
O medo do que poderia acontecer quando sozinhos.
A ansiedade, a vontade de ir em frente
De me atirar de cabeça e sentir que estou viva
A vontade de descobrir o que existia entre nós.

Lembro-me como se fosse hoje.
O medo que senti ao dirigir-me a ti.
A forma como quase desisti de ir,
A forma como tive coragem
A forma como senti tudo.
O teu beijo, o teu abraço.
Nunca me senti tão segura no mundo!
Desde o primeiro momento senti.
Vais ser sempre aquela pessoa
Vais ser sempre o amigo, o companheiro, o...

Lembro-me como se fosse ontem.
A minha vida,
A tua,
E a impossibilidade da nossa vida.
Erros todos cometem
Angústias
Medos
Incertezas
Desilusões todos sentem...
Não vou parar de arriscar.
Nao agora!
Quero viver
Quero ser mais feliz!

Lembro-me como se fosse ontem,
Lembro-me como se fosse hoje,
Lembro-me como será amanhã...

terça-feira, 14 de abril de 2009

Não é por acaso que lhe chamaram génio...


Há certas horas, em que não precisamos de um Amor...
Não precisamos da paixão desmedida...
Não queremos beijo na boca...
E nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama...

Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado...
Sem nada dizer...

Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir...

Alguém que ria de nossas piadas sem graça...
Que ache nossas tristezas as maiores do mundo...
Que nos teça elogios sem fim...
E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade
inquestionável...

Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado...
Alguém que nos possa dizer:

Acho que você está errado, mas estou do seu lado...

Ou alguém que apenas diga:

Sou seu amor! E estou Aqui!

William shakespeare

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Viva la vida



Vou abrir os braços e abraçar o calor!
Vou abrir a porta e deixar entrar o sol
Vamos acordar e reaprender a viver
Vamos voltar a ser felizes
Vamos gritar ao mundo o quanto gostamos de viver!
Vais acordar e dizer-me: Bom dia!
Vou acordar e dizer-te: Adoro-te sabias? :)
Vamos acordar e perceber que os sonhos podem ser reais...

terça-feira, 7 de abril de 2009

Saúde


O Cancro do Colo do Útero atinge, em Portugal, 17 em cada 100 mil mulheres, registando os valores mais altos da União Europeia, segundo dados apresentados no Congresso Europeu sobre Infecções Genitais e Neoplasias (Eurogin 2006). A nível mundial, o cancro do colo do útero mata uma mulher a cada dois minutos e destrói a vida sexual, familiar e social das sobreviventes deste carcinoma. Dor, desespero, culpa, disfunção sexual, redução da fertilidade são algumas das consequências do cancro do colo do útero.

O Cancro do Colo do Útero tem a sua origem num dos vários tipos de Vírus do Papiloma Humano (HPV). O seu contágio ocorre na maior parte das vezes por via sexual. Estima-se que 80% das mulheres e dos homens tenham contactado com o vírus nalguma fase da sua vida. Na maior parte das vezes a infecção é assintomática, o que significa que as pessoas desconhecem que a têm. Nos casos em que isso não acontece, esta situação pode levar ao aparecimento do Cancro do Colo do Útero.

Factores de risco

O risco aumenta com o início precoce das relações sexuais e com o número de parceiros sexuais que uma pessoa tem ao longo da vida. As defesas imunológicas têm um papel fundamental ao proteger o desenvolvimento da infecção. Normalmente, a maioria das mulheres é capaz de combater a infecção.

Diagnóstico

A infecção por HPV pode ser diagnosticada de várias maneiras. A citologia do colo do útero, vulgarmente conhecida por Exame de Papanicolau, pode detectar as alterações celulares causadas pelo vírus. Estas alterações podem também ser detectadas através de um exame chamado Colposcopia que consiste na observação do colo do útero com um microscópio ou, no caso dos homens, através da observação do pénis com uma lupa - a Peniscopia. O Papanicolau deve ser realizado, nos Centros de Saúde, em todas as mulheres com vida sexualmente activa, pelo menos uma vez por ano. Se o resultado do exame for negativo ao longo de três anos, a sua repetição só precisa de ocorrer de três em três anos. Se, pelo contrário, o exame revelar lesões, a resposta deve passar pela detecção do HPV, o qual pode ser realizado nos laboratórios do Estado - como os que existem, por exemplo, nos IPO.

Métodos de Tratamento

Como ter a infecção não significa ter a doença, a infecção por si só não necessita de tratamento. No entanto, algumas manifestações da infecção como os condilomas (verrugas) da vulva, nas mulheres, ou do pénis, nos homens. Se as alterações nas células ou nos tecidos são ligeiras, muitas vezes, não é necessário tratar, bastando uma vigilância adequada pelo seu médico. Já nos casos em que se verifiquem anomalias severas, o/a médico/a irá aconselhar o tratamento adequado. Há relativamente pouco tempo surgiu a possibilidade de prevenir o aparecimento desta doença através da vacina do colo do útero. Esta é actualmente gratuita para as jovens com 13 anos e passam, assim, a ser vacinadas com a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV).
O ministério da Saúde anunciou que a partir de 2010 serão disponibilizadas estas vacinas para as jovens que nasceram em 1997 e entre 2009 e 2011 está previsto vacinar as raparigas que naquela altura tenham 17 anos.
O rastreio do cancro do colo do útero é aconselhado a todas as mulheres entre os 25 e os 64 anos. Trata-se de um simples exame ginecológico que pode ser realizado gratuitamente em qualquer centro de saúde do país. Dada a importância da prevenção, foi lançada uma campanha destinada a mulheres a partir dos 25 anos para incentivar o rastreio regular.

Agora podemos questionar uma coisa: E as jovens que têm actualmente 20 anos por exemplo? Não têm a mesma oportunidade que as mais novas? Não têm os mesmos direitos? É verdade que as vacinas são muito dispendiosas e não é fácil para o Estado arcar com as despesas de todas as jovens do país simultaneamente, mas podiam tentar arranjar outra solução e dar respostas à população não acham?

domingo, 22 de março de 2009

O beijo é uma arte de sedução?


Estava a divagar pela net quando me deparei com este texto e achei interessante partilha-lo convosco. É sempre bom aprendermos um bocadinho mais certo? Nunca fez mal a ninguém :D
Quem disse que "um beijo é só um beijo!" de certeza que nunca foi beijado com um daqueles que nos tiram o fôlego. Um beijo pode ser sexy, doce, lento, rápido, suave, simples, quente. As palavras não são suficientes para descrever e transmitir uma das maiores artes de sedução.
O beijo, por si só, é uma arte e serve para expressar sentimentos, emoções e paixões.
O acto de beijar reune três sentidos: o paladar, o tacto e o olfacto. Se cada sentido,individualmente, é capaz de produzir uma forte reacção emocional, os três juntos podem levar a pessoa a um dos maiores prazeres.
Estes podem ir desde um contacto fugaz, como um atrito inesperado, até uma fusão de dois corpos por meio dos lábios. Nos dois extremos, existem numerosas variações, ainda que muitas pessoas descuidem desta habilidade que, como todas, está sujeita às leis de aprendizagem: constância, criatividade e paciência.
Segundo o Kama Sutra, os 30 tipos de beijos são:

1. Beijo de lado
Quando as cabeças das duas pessoas se inclinam em direcções opostas e o beijo é produzido nessa postura.
Esta é uma das formas mais comuns de se beijar e a preferida dos filmes. As cabeças inclinadas permitem um melhor contacto dos lábios e uma penetração profunda da língua. É um modo excelente de começar um encontro amoroso apaixonado e também um modo de estimular a paixão entre o casal.

2. Beijo inclinado
Quando um dos dois coloca a cabeça para trás e a outra pessoa, que a segura pelo queixo, a beija. A doçura e o afecto são as emoções principais que são transmitidas com este beijo. Um beijo desse tipo é apropriado para os preliminares, quando se prefere fazer sexo com lentidão e de frente.

3. Beijo directo
Quando os lábios dos dois se unem directamente e se chupam como se fossem uma fruta madura. É um tipo de beijo em que o importante é que além de serem chupados, os lábios sejam mordiscados e levemente acariciados com a língua. É um beijo tranquilo e demorado, que pode expressar uma forte paixão e que excita muitas pessoas mais do que o beijo de língua.

4. Beijo pressão
Os lábios pressionam-se fortemente com a boca fechada. É um beijo para iniciar a relação ou para terminá-la. Não convém mantê-lo por muito tempo. Os dentes cravam-se na parte interior dos lábios e podem sangrar.

5. Beijo superior
Quando um dos dois agarra o lábio superior com os seus dentes e o outro devolve o "carinho" beijando-lhe o lábio inferior. Na descrição deste beijo diz-se que uma pessoa do casal deve tomar a iniciativa e o outro limita-se a corresponde-la. Uma possível razão para isso é que o Kama Sutra foi escrito para homens ativos e mulheres passivas. Contudo, nos casais actuais, cada um deve ser o mais criativo possível e deixar que a imaginação se expresse como ela é não se limitando a responder à iniciativa do outro.

6. Beijo broche
Quando um dos dois prende-se aos lábios do seu amante. Isto é chamado de beijo broche. E se o que realiza o beijo toca os seus dentes, a gengiva ou o céu da boca com a língua, esse beijo chama-se "luta de língua".

7. Beijo palpitante
Quando um dos dois deposita sobre os lábios milhares de beijos bem pequenos percorrendo toda a boca e as comissuras (junção dos lábios).

8. Beijo contato
Quando se toca ligeiramente com a língua a boca do outro e faz apenas contacto com os lábios.

9. Beijo para acender a chama
É o beijo na comissura (junção) dos lábios que costuma ser dado no meio da noite para incendiar a paixão.

10. Beijo para distrair
O beijo ideal para quando estiverem a ver algo na televisão e a pessoa quer chamar a atenção do parceiro com os seus beijos. Para começar, lembre-se de que nem todos os beijos precisam de ser na boca. Segundo o Kama Sutra, outros lugares recomendados para iniciar a "batalha" são: a testa, os olhos, as bochechas, o peito, os seios, a zona abaixo da boca, a cabeça, a nuca e o pescoço junto com a clavícula.

11. Beijo nominal
Quando um dos dois se limita a tocar a boca do outro, depois de beijá-la, com os dedos.

12. Beijo com os cílios
Quando se percorre os lábios ou o rosto do outro e se acariciam os cílios com beijos.

13. Beijo com um dedo
Quando o amante percorre a boca da amada por dentro e por fora com um dedo.

14. Beijo com dois dedos
Quando o amante fecha dois dedos, molha-os ligeiramente nos lábios da amada e faz uma pressão sobre a sua boca.

15. Beijo que desperta
O beijo que se dá nas têmporas, próximo da raiz do cabelo, quando o outro está a dormir, para despertá-lo com suavidade.

16. Beijo que demonstra
Costumam ser dados à noite e em lugares públicos. Um dos dois aproxima-se do outro e beija-o suavemente na mão ou no pescoço.

17. Beijo da lembrança
É dado quando os amantes estão a descansar após a satisfação sexual e um dos dois coloca a cabeça sobre a coxa do outro e deixa-a cair, como se estivesse com sono, beijando-lhe a coxa ou os dedos do pé.

18. Beijo transferido
Esse beijo ocorre quando o amante, na presença da amada, beija alguém que esteja próximo dele no rosto, ou mesmo alguma foto ou qualquer outra coisa, olhando para ela como se o beijo fosse para a parceira.

19. Beijo choroso
É produzido quando um dos dois sente tanta falta do outro, que na ausência do outro beija o seu retrato.

20. Beijo viajante
Ainda que pareça que os beijos costumam centralizar-se sempre na boca, colocar os lábios em outras partes do corpo é uma forma de excitação garantida.

21. Beijo no peito
Os beijos mais efectivos nos seios são os que se aplicam primeiro com os lábios, suavemente e com um pouco de saliva. Depois, intensifica-se a pressão e, se a parceira o deseja e gosta desse tipo de beijo, pode agarrar-se os seios com os dentes e pressionar ligeiramente. Algumas pessoas preferem sentir um pouco de dor nos seios quando estão prestes a ter um orgasmo.

22. Beijo sem pressa
A chave é prestar total atenção ao corpo do outro. Quanto mais controle você tiver e mais se concentrar em acariciar e beijar cada canto do corpo, mais intensa será a sensação de prazer para ambos.

Onde há amor, há dor
Segundo a tradição erótica da Índia, a mordida é um elemento muito importante e o Kama Sutra dá uma boa lista de mordidas com toda a riqueza de detalhes.

As mordidas costumam ser dadas em quase todas as partes do corpo e vão desde a mordida brincalhona, mais provocadora que erótica, até ao forte apertão com os dentes que costuma ser dado no calor da paixão e faz com que os orgasmos sejam mais duradouros. No entanto, muitos costumam evitar este último tipo de mordida, porque é difícil de controlar e costuma deixar marcas muito evidentes. Também porque durante o orgasmo as mandíbulas podem sofrer um espasmo e fechar com força, o que pode ocasionar feridas.

Assim, as mordidas recomendadas pelo Kama Sutra são:

23. Mordida de Javali
O rastro que deixa na pele são como filas indianas, muito próximas umas das outras e com intervalos vermelhos como as pegadas que costumam ser deixadas pelos javalis no barro. É uma mordida que costuma ser feita no ombro.

24. A nuvem quebrada
Consiste em levantamentos desiguais da pele em círculo, produzidos pelos espaços que há entre os dentes. O Kama Sutra especifica que este tipo de mordida deve ser feita no peito.

25. Mordida escondida
É a mordida que só deixa uma intensa marca vermelha e que deve ser dada no lábio inferior.

26. Mordida clássica
Quando se agarra com os dentes uma grande quantidade de pele.

27. O ponto
Quando se agarra com os dentes uma pequena quantidade de pele de tal maneira que só fique uma marca como um ponto vermelho.

28. A linha dos pontos
Quando essa pequena porção de pele é mordida com todos os dentes e todos eles deixam sua marca. Deve ser dada na testa ou na coxa.

29. O coral e a jóia
É a mordida que resulta da junção dos dentes e dos lábios. Os lábios são o coral e os dentes são a jóia.

30. A linha de jóias
Quando se dá uma mordida com todos os dentes.

É caso para dizer: Beija o mais que podes, porque beijar faz-te bem :D

Amiga

Deixa-me ser a tua amiga, Amor,
A tua amiga só, já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor
A mais triste de todas as mulheres.


Que só, de ti, me venha mágoa e dor
O que me importa a mim? O que quiseres
É sempre um sonho bom! Seja o que for,
Bendito sejas tu por mo dizeres!


Beijá-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascessemos irmãos,
Aves cantando, ao sol, no mesmo ninho...


Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei pra minha boca!...


Florbela Espanca

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Primavera


Ainda não chegou a Primavera mas já faltou mais!
Os dias são maiores e mais agradáveis. O sol aquece o ar, os corpos, os aromas... Uma série de sentimentos se despertam, reavivam-se. As pessoas andam mais felizes e de bem com a vida. É mesmo por estas razões que a maior parte das pessoas prefere esta estação do ano.
Eu própria adoro a Primavera! Parece que acordamos muito bem dispostos, aguentamos melhor o dia, da-nos mais vontade de passear pela rua o dia todo, de fazer piqueniques, de brincar, de tudo...
Por isso, tentem aproveitar ao máximos esta época do ano da melhor forma e vivam como se não houvesse amanhã!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Imortais



Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for para onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer.


Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Ás vezes só a cinza do que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu sei te dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer.

É QUE EU QUERO-TE TANTO! :D

Indecisões


Costuma-se ouvir dizer que tudo acontece por um motivo.
A cada dia que passa aparecem novos obstáculos que temos de ultrapassar e muitas dificuldades que se atravessam no nosso caminho. Mas porquê? Para quê? Será que é para nos testar? Será que é para reflectirmos verdadeiramente sobre as nossas atitudes e sobre as nossas escolhas? Mas, como vamos fazer escolhas, como vamos mudar o rumo da nossa vida se por vezes não sabemos o que queremos? Teremos de esperar por um sinal? As reacções das pessoas que nos rodeiam costumam ajudar-nos a decidir... Mas e se essas reacções não acontecerem? O que fazemos? O que fazemos para tomar decisões importantes que vão mudar a nossa vida?

domingo, 11 de janeiro de 2009

Crush


Crush -
I hung up the phone tonight,
something happened for the first time, deep inside
It was a rush, what a rush
Cause the possibility that you would ever
Feel the same way about me
It's just too much, just too much
Why do I keep running from the truth
All I ever think about is you
You got me hypnotized, so mesmerized, and I just got to know

Do you ever think, when you're all alone
All that we could be, Where this thing could go
Am I crazy or falling in love
Is it real or just another crush
Do you catch a breath, when I look at you
Are you holding back, like the way I do
Cause I'm tryin, try to walk away
But I know this crush ain't goin away, goin away

Has it ever crossed your mind when we were hanging
Spending time girl, are we just friends
Is there more, is there more
See it's a chance we've gotta take
Cause I believe we can make this into
Something that will last, last forever, forever

Do you ever think, when you're all alone
All that we could be, Where this thing could go
Am I crazy or falling in love
Is it really just another crush
Do you catch a breath, when I look at you
Are you holding back, like the way I do
Cause I'm tryin, try to walk away
But I know this crush ain't goin away, goin away

Why do I keep running from the truth
All I ever think about is you
You got me hypnotized, so mesmerized
And I just got to know

Do you ever think, when you're all alone
All that we could be, Where this thing could go
Am I crazy or falling in love
Is it really just another crush
Do you catch a breath, when I look at you
Are you holding back, like the way I do
Cause I'm tryin, try to walk away
But I know this crush ain't goin away, goin away

** Acho que encontrei a música da minha vida...
Muitas pessoas se devem identificar com esta e eu não sou excepção!
E agora deixo a frase chave: Are you holding back, like the way I do?

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Neve na Vila


São 16:18h da tarde e desde manhã neva com alguma intensidade.
Neste momento todas as estradas se encontram intransitáveis e a maior parte dos alunos da UTAD são obrigados a ficar em Vila Real devido às condições climáticas. Cá em casa não somos excessão. É somente mais um fim de semana na nossa Vila querida. A quem for para a rua aconselho-o a ir muito bem agasalhado, pois está muito frio. Se vai sair de carro tenha cuidado devido ao gelo que se encontra na estrada. E se vai a pé ande com cuidado, porque está sujeito a cair na neve :D
Para os mais divertidos: aproveitem a neve porque até eu já me diverti muito de manhã!

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Twilight - Crepúsculo


Ontem houve sessão de cinema cá em casa.
O filme escolhido para nos ocupar a noite foi Twilight (Crepúsculo).
Um dos melhores filmes que vi até hoje sem dúvida! Um filme repleto de mistério, medos, mas acima de tudo romance. É simplesmente o amor levado aos extremos. Uma história que demonstra a força que o amor tem e o que suporta por causa da nossa metade da laranja, tudo o que se é capaz de fazer para não perdermos a pessoa que nos complementa. Apesar de ser um filme, podemos constatar que por muito diferentes que sejamos uns dos outros é possível ficarmos juntos. É possivel ser felizes com o nosso oposto e ao mesmo tempo a nossa fotocópia.
Esta história fez-me sorrir o filme todo e pensar: Também quero um principe daqueles! Não precisa de ser aquele mas pode ter o mesmo fundo... Até porque não existem pessoas perfeitas!
Se ainda não viram este filme maravilhoso vejam! Mesmo que não apreciem filmes românticos! Podem sempre mudar de ideia!