domingo, 14 de junho de 2009

Liberdade de Escolha



A política faz, cada vez mais, parte da nossa vida e do nosso dia a dia.
Todos os dias falamos em política. Seja na universidade, no café, em casa, na fila para as finanças. Persegue-nos!
Por muito que digam que não querem saber da política para nada, que não percebem nada, não vos é indiferente e toda a gente tem alguma coisa a dizer. Pode muito bem não se ser um grande entendido na matéria mas dão-se alguns palpites. E quando as pessoas dizem que nem vão votar quando há eleições? Será que não se lembram de uma certa Revolução conhecida como o 25 de Abril de 74 que tornou possível termos hipótese de escolha nos nossos futuros governantes? Porque é que não usufruem do direito de voto, nem que seja para votar em branco? Mas não votar sequer, no meu ver, chega a ser um desrespeito pelas pessoas que se sacrificaram e lutaram para sermos livres e podermos escolher...
Informem-se, aprendam, nem que seja o mínimo, de politica, lutem pelos vossos ideais e não deixem ser uma maioria qualquer a decidir por vocês. Imponham-se como pessoas detentoras de direito de opinar sobre o país e como cidadãos de Portugal que são. Lembrem-se que nem todos são iguais e há sempre uma luz ao fundo do túnel que nos faz acreditar que é possível melhorar!

1 comentário:

Sonia Files disse...

Os portugueses adoram reivindicar os seus direitos, mas quando seja a hora de cumprirem um dever, esquecem-se. É o comodismo puro e duro. Esquecem-se que é um dever e um direito, mas só o exercem quando não está a dar nada na televisão...