terça-feira, 21 de julho de 2009

Uma Aventura no monte

Uma amiga minha fez hoje anos e como estamos de férias decidimos ir até ao rio.
Como grandes aventureiros que somos fomos descobrir lugares novos por terras de Amarante. Andamos quilómetros e quilómetros e quando eu dizia "Está quase" ainda faltavam mais uns largos quilómetros. Já estávamos muito afastados da "civilização" quando ficámos sem rede!
Não havia ninguém nos próximos 20 ou 30 quilómetros, sem rede e com uma carrinha sabe-se lá do quê um pouco mais à frente do nosso carro.
Quando finalmente chegamos a algum sitio, que era nada mais nada menos do que uma ponte perdida no meio de nenhures, com pedregulhos e ervas a impossibilitar a passagem para o rio, encontrámos uma moto encostada à ponte e não haviam sinais de alguém por perto, quer a pescar ou pelo menos ali perto. O melhor de tudo é que vinhamos três pessoas num carro, duas noutro e este último ficou para trás e estava a demorar muito para chegar perto de nós. Não ouviamos barulho de motores nem nada parecido. Estavamos sem rede, tinhamos perdido os amigos e não sabiamos se haviamos de voltar para trás ou ficar ali.
Enfim! Foi uma tarde complicada mas engraçada!
Entretanto voltamos à cidade e acabamos por ir para o parque florestal junto ao rio rodeados por àrvores, areia, pescadores e rãs.
Não foi a melhor tarde de sempre mas divertida e diferente foi com certeza!

1 comentário:

telma disse...

Tinha sido bem mais divertido se tivéssemos ficado na ponte que se encontrava nada mais do que quase no fim do mundo...
Lindo!!

Márcia diz: Fiquei sem rede!!!
Telma diz: Tenho um pauzinho!!!
Vilma: Isto já parece um filme de terror!!
Telma: Fiquei sem rede!!!

Acho que foi qualquer coisa assim....

Adorei.. Pena o caminho pra lá ser o que é, se não de certeza que voltávamos lá...

Não me importava de ter continuado a viver o filme de terror!!

Beijosssssss