quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

O que ando a fazer?!

O que ando a fazer?! Nunca se perguntaram? Nunca questionaram as atitudes e os comportamentos que adotam relativamente a qualquer coisa?
Eu questiono-me várias vezes. Será que isto tudo vale a pena? Será que mereço? Será que vale a pena passarmos as passas do Algarve por alguma coisa? E que coisa é essa que terá ou não assim tanta importância? Muitas vezes lutamos e lutamos como se não houvesse amanhã, como se tudo acabasse se não fizéssemos algo.
No entanto, por vezes, é preciso saber quando se deve parar. Quando devemos dizer "chega". Ninguém é perfeito e a verdade é que não precisamos da perfeição, mas precisamos de que algo totalmente imperfeito nos pareça perfeito. E muitas vezes parece. É exatamente aquilo que se quer, é recíproco, mas afinal não é perfeito. Está estagnado. Falta um pequeno pormenor que faz toda a diferença e, por isso, é impossível de contornar e continuamos impávidos e serenos?!
Não podemos. Não podemos esperar eternamente pelo que nunca chega, apesar de isso significar sacrificar algo de muito valor, algo que nos transcende e nos fará sofrer mais do que tudo o que pudéssemos imaginar na vida.
Por isso, perguntem-se todos os dias " o que ando a fazer?!", lutem pelo que têm de lutar e desistam de batalhas que não são as vossas ou que não justificam todo o desgaste e os sacrifícios que fizeram.
Afinal, queremos continuar impávidos e serenos?!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Boas notícias?! Aguardemos.



O PS vai apresentar um diploma próprio com vista à legalização da adoção de crianças por casais do mesmo sexo.
Isabel Moreira, grande mulher e deputada socialista é uma das que mais se destaca nas causas de igualdade de género e direitos homossexuais e uma mulher que muito admiro pela sua luta constante pela situação do nosso país. 
Em entrevista ao Observador afirmou que "Os diplomas vão ser analisados na próxima reunião do grupo parlamentar socialista, que acontece na quinta-feira, e só depois darão entrada na Mesa da Assembleia da República – o que deverá acontecer no dia seguinte. Isto porque a iniciativa, que recupera diplomas já apresentados pelos socialistas anteriormente, vai ser de todo o grupo parlamentar, e não apenas de um grupo de deputados. “Nem podia ser de outra forma”, confirmou Isabel Moreira."
Podem ler a notícia na integra aqui.