quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

O que ando a fazer?!

O que ando a fazer?! Nunca se perguntaram? Nunca questionaram as atitudes e os comportamentos que adotam relativamente a qualquer coisa?
Eu questiono-me várias vezes. Será que isto tudo vale a pena? Será que mereço? Será que vale a pena passarmos as passas do Algarve por alguma coisa? E que coisa é essa que terá ou não assim tanta importância? Muitas vezes lutamos e lutamos como se não houvesse amanhã, como se tudo acabasse se não fizéssemos algo.
No entanto, por vezes, é preciso saber quando se deve parar. Quando devemos dizer "chega". Ninguém é perfeito e a verdade é que não precisamos da perfeição, mas precisamos de que algo totalmente imperfeito nos pareça perfeito. E muitas vezes parece. É exatamente aquilo que se quer, é recíproco, mas afinal não é perfeito. Está estagnado. Falta um pequeno pormenor que faz toda a diferença e, por isso, é impossível de contornar e continuamos impávidos e serenos?!
Não podemos. Não podemos esperar eternamente pelo que nunca chega, apesar de isso significar sacrificar algo de muito valor, algo que nos transcende e nos fará sofrer mais do que tudo o que pudéssemos imaginar na vida.
Por isso, perguntem-se todos os dias " o que ando a fazer?!", lutem pelo que têm de lutar e desistam de batalhas que não são as vossas ou que não justificam todo o desgaste e os sacrifícios que fizeram.
Afinal, queremos continuar impávidos e serenos?!

Sem comentários: